3 marcas que levaram o marketing personalizado para o próximo nível

O marketing personalizado tornou-se um dos métodos mais eficazes tanto para promover marcas e produtos quanto para gerar receita.

De acordo com uma pesquisa da Infosys, 86% dos consumidores dizem que a personalização tem algum impacto sobre o que eles compram e um quarto admite que a personalização influencia significativamente suas decisões de compra.

Proporcionar um atendimento ao cliente totalmente personalizado é uma meta para muitas empresas por ser uma estratégia que gera lealdade e aumenta as conversões.

A seguir, um resumo de cinco marcas de sucesso que veiculam conteúdo de marketing personalizado que nos deixa verdes de inveja. Ao criar campanhas que são altamente relevantes para o consumidor, enviadas no momento ideal e para a plataforma / dispositivo preferido dos entrevistados, essas empresas nos mostraram como se faz.

Case da Amazon

Quando se trata de segmentação comportamental, modelagem e personalização, a Amazon é a número um. Com a incrível quantidade de dados à sua disposição, é de se admirar?

A publicidade personalizada contextualmente relevante é o principal artifício da gigante do comércio eletrônico. Desde conteúdo personalizado no local até e-mails e ofertas personalizadas, a empresa oferece mensagens dinâmicas e com dados em tempo real. Isso vai além do envio de um e-mail para lembrá-lo dos produtos que você navegou ou colocou em sua cesta antes de sair, a Amazon usa algoritmos poderosos para personalizar sua página inicial, personalizando recomendações de produtos com base em seu registro de pesquisa e compra.

Pense naqueles prompts “frequentemente comprados juntos” e “clientes que compraram este item também compraram”. Eles não acontecem por acaso e são baseados em montanhas de dados perspicazes. Além disso 44% dos clientes compram essas recomendações.As listas de desejos são outro recurso personalizado que faz maravilhas para a empresa.

Então, o que podemos aprender com a Amazon?Bem, para começar, se você não implementar recomendações - desenvolvidas com dados de clientes acionáveis - os clientes irão para outro concorrente mais personalizado (talvez a Amazon).A incorporação de limites de carrinho dinâmico é outra técnica que podemos aproveitar da Amazon.

Case da Nike

Poucas marcas são melhores em engajar o público e ampliar sua mensagem principal do que a Nike. A marca global de roupas esportivas, com seu ícone instantaneamente reconhecível, sempre se destacou. No o século 21, eles estão ampliando sua visão, personalizando de maneira rápida o marketing usando dados agregados de clientes.

Do esquema de fidelidade Nike + e da inovadora experiência de compra personalizada da SNKRS, ao aplicativo de personalização de produtos NikeID, eles gostam de operar na vanguarda.E a campanha da Copa do Mundo de 2018 foi outro lembrete de seu talento para fazer os clientes se sentirem mais especiais.

Na sequência da compra da empresa de análise de consumo Zodiac, a Nike segmentou consumidores em diferentes regiões com conteúdo personalizado para dispositivos móveis: assim, tivemos a oportunidade de ver anúncios espalhados, em vários ecrãs e específicos do país, para públicos mais jovens a passar mais tempo no Instagram, Snapchat e YouTube.Essa narrativa fluente deu aos espectadores o que eles queriam onde queriam, capturando a essência da personalização.

Case da Netflix

A Netflix tem o jogo de personalização costurado. O serviço de streaming não apenas mostra as recomendações de filmes e TV com base no conteúdo que você assisti, mas também personaliza as capas de filmes, dando destaque a atores ou atrizes com quem você está familiarizado.

Cada movimento feito pela Netflix é impulsionado por grandes quantidades de dados e, de certa forma, a sua Lista de Observação é tão personalizada por eles quanto por você.O serviço, que executa 250 testes A / B por ano, sabe quando você toca ou pausa;quando você parar de assistir a um título na metade;quando você clica nesse pequeno botão + para adicionar algo à sua lista de monitoramento.Ele coleta informações de mais de 300 milhões de perfis de membros e, em seguida, insere os dados em seus esforços de personalização.

É por isso que nenhum usuário exibe exatamente as mesmas linhas de combinação na página inicial da Netflix.Você pode sentir que o serviço te conhece melhor do que a sua outra metade!

Curiosamente, a Netflix não figura idade ou sexo em seu sistema de recomendação, considerando que o comportamento do usuário é uma métrica bem mais significativa. Não são apenas os títulos sugeridos que mudam: a personalização pode alterar a aparência do player da Netflix em termos de design, e você recebe recomendações diferentes, dependendo de quando você faz o login.

Concluindo: as empresas estão com estratégias cada vez mais avançadas para personalizar o marketing. Se você quiser competir, comece a pensar nisso – e rápido! A Kameleon pode te ajudar a criar suas campanhas e definir temas e estratégias que elevem o nível de interesse, engajamento e conversão em vendas. Marque um café conosco!

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn