Tudo sobre anúncios do Youtube

Além de entretenimento, o YouTube tornou-se uma grande ferramenta no dia a dia das pessoas. Há inúmeros tutoriais, novidades, notícias, documentários e até filmes, tudo gratuito e de fácil acesso.

Tudo sobre anúncios do Youtube

Além de entretenimento, o YouTube tornou-se uma grande ferramenta no dia a dia das pessoas. Há inúmeros tutoriais, novidades, notícias, documentários e até filmes, tudo gratuito e de fácil acesso. Podemos falar que a plataforma revolucionou a nossa forma de consumir conteúdos em vídeo e, se hoje aceitamos este formato tão bem, os créditos são todos dele.

Por isso, não seria novidade que esta plataforma tão funcional não chamaria a atenção dos publicitários. Podemos perceber que na última década os investimentos em publicidade no YouTube aumentaram muito. Vemos vídeos curtos de até 3 minutos antes do vídeo que procuramos iniciar, vemos pop-ups e banners nas laterais da página anunciando as mais diversas marcas e muitos outros formatos.

Sabendo da relevância e notoriedade desta plataforma para a comunicação, trouxemos um guia básico para você entender como os anúncios funcionam na rede e como começar a incluir estas ações dentro da sua estratégia de marketing de uma vez por todas. "Bora" conferir então.

Tipos de anúncios

Os principais tipos de anúncios no YouTube são: Trueview, anúncios de display, publicidades que podem ser puladas, publicidades que não podem ser puladas, banner e mastheads

Os anúncios Trueview têm a funcionalidade de ser CVP, o que significa que o anunciante pode pagar por visualização. Nesta modalidade, os anúncios podem ser em formato de display, vistos à direita de um vídeo, ou abaixo caso o usuário reproduza o vídeo em modo teatro e tela cheia. Funcionam apenas para computadores. Também pode se encontrar em formato Superpostos, conhecidas como Publicidades In-video, aqueles anúncios transparentes que ficam na parte inferior do vídeo.

Os anúncios que podem ser pulados são em formato de banner ou vídeo. São exibidos no próprio reprodutor e a principal característica desta modalidade é a possibilidade de pular do anúncio após 5 segundos de exibição. Podem ser inseridos no começo ou no fim do vídeo. O formato é visto através de computadores, consoles de videogame e até televisões.

Já os anúncios que não podem ser pulados tem como principal característica, como o próprio nome sugere, não permitir que o usuário que está reproduzindo pule a publicidade. Ela deve ser vista antes que o conteúdo principal comece; essas, costumam não ter mais de 20 segundos. Assim como outras modalidades, esta pode ser configurada através das segmentações do Google Adwords, com palavras-chave e público seleto e configurado. Além de computadores, também são reproduzidas via mobile.

Os banners costumam não aparecer dentro do vídeo principal e sim em outros locais dentro da própria página. Nesta modalidade, a publicidade é paga por clique ou impressões. Podem aparecer do lado direito da página e, normalmente, são banners animados.

Também há o formato Masthead que são similares ao formato Banner, mas aparecem exclusivamente na página principal do YouTube. Foram concebidos para serem reproduzidos em aparelhos móveis.

Quem deve anunciar?

Anunciar no YouTube pode entrar na estratégia de qualquer empresa, desde que o público-alvo seja levado em conta. O público da sua empresa costuma consumir conteúdos em formato de vídeo? Como eles recebem estas informações? Quais são os principais canais que o seu público acompanha? Tudo isso deve ser estudado na hora de elaborar a estratégia mais assertiva para o seu negócio.

Vamos começar agora? Converse com a Kameleon e apresente o seu negócio, estudaremos o seu caso. Ligue e agende uma conversa, Whatsapp (16) 99787-1577

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn