Tendências de Marketing para 2021: e-commerce

Seja para comprar uma roupa, um sapato ou até mesmo para fazer compras no supermercado, o e-commerce nasceu para inovar a maneira como o consumidor adquire produtos em prol da satisfação das suas necessidades.

Em tempos de pandemia, muita coisa precisou passar por mudanças. As pessoas tiveram que optar por diferentes maneiras de comprar, consumir e viver. É aí que muitas empresas cresceram, com investimentos em e-commerce. Para quem estava adiando esse passo, não teve como fugir durante a pandemia.

Quando é que poderíamos imaginar diversas lojas e empresas tão bem-sucedidas fechando por uma grande crise nas vendas, como andamos vivenciando? O cenário se inverteu bruscamente e não houve alternativas para "driblar" a situação. Mas isso poderia ter sido diferente se esses estabelecimentos contassem com um e-commerce, onde poderiam continuar realizando suas vendas em um ambiente on-line e totalmente seguro. O cliente compraria on-line, pagaria on-line e receberia o produto na sua casa dentro de poucos dias, ou até no mesmo dia, dependendo do local.

Pois bem, o e-commerce veio para facilitar cada vez mais a vida das pessoas, que em sua maioria têm uma rotina movimentada e com pouco tempo livre. Seja para comprar uma roupa, um sapato ou até mesmo para fazer compras no supermercado, o e-commerce nasceu para mudar a maneira como o consumidor adquire produtos em prol da satisfação das suas necessidades.

Muitas empresas já se encontram no ambiente on-line comercializando seus produtos. Como já dissemos no blog anterior, a cada dia surgem novos websites e um crescente número de novos usuários. Com a pandemia do COVID-19 isso se tornou ainda mais visível e o e-commerce foi a salvação para que muitas empresas não precisassem encerrar seus negócios em um momento tão difícil.

É importante ter em mente que o ápice do desenvolvimento do e-commerce aconteceu em um período de pandemia, mas a transição entre compras presencialmente e on-line já estava acontecendo há anos e, em tempos "normais", inevitavelmente continuaria crescendo. O diferencial é que esse desenvolvimento não ocorria em passos tão largos, era gradual. Neste último ano, milhares de pessoas precisaram ficar em casa e optar por maneiras diferentes de fazer compras, causando a grande "explosão" do e-commerce.

Este mesmo cenário deverá acontecer ainda em 2021, ou pelo menos em grande parte deste ano, ou até mesmo continue para sempre. É conveniente, para muitas pessoas, sair menos de casa para fazer compras, já que elas podem receber seus pedidos no conforto do seu lar. Sendo assim, os investimentos em e-commerce devem continuar e aumentar, pois esse deve ser o futuro do comércio.

Mas você deve estar se perguntando agora "quanto custa um e-commerce?" O valor atualizado de 2021 para um site de e-commerce aqui na Kameleon pode variar de R$ 5 mil a R$ 7 mil em parcelas conforme cabem no seu bolso, e certamente este é um serviço que vai alavancar bastante suas vendas!

Venha desenvolver seu e-commerce na Kameleon Comunicação! Nós ensinamos como administrar o site, fique tranquilo!

Fale conosco, agende uma reunião e venha tomar um café na nossa agência.

(16) 3411-2566
WhatsApp: (16) 99787-1577

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn