A Importância do Marketing de Conteúdo para seu negócio

Nos tempos atuais, gerar conteúdo para o seu público é premissa básica de sobrevivência

O investimento em conteúdo de qualidade tem sido uma estratégia de marketing que ganhou relevância nos últimos tempos. Enquanto algumas organizações ainda não acreditam nos benefícios do marketing de conteúdo, inúmeras outras vêm percebendo que não dá para continuar sem. Mas você sabe, de fato, o que é Marketing de Conteúdo? Em poucas palavras, é a criação e compartilhamento de conteúdo valioso para atrair e converter prospects em clientes. E isso é feito por meio de publicações estratégicas e regulares em sites, blogs, redes sociais e também em newletters ou email marketing, por exemplo, de modo que ajude no reconhecimento e fortalecimento da sua marca e/ou produto no mercado em que atua.

Agora que você já sabe melhor o que é marketing de conteúdo, vamos mostrar a importância que ele pode agregar em seu negócio:

Ajuda seus clientes a encontrarem seu negócio

Um conteúdo relevante e útil permite que sua marca seja melhor posicionada nas buscas no Google ou em outras ferramentas de busca, de modo com que seu cliente possa te encontrar com mais facilidade, principalmente nas redes sociais;

Estreita seu relacionamento com seus clientes

Ao contrário das ações de marketing tradicionais que interrompem o cliente para oferecer seus produtos e serviços, o marketing de conteúdo está preparado para quando os consumidores buscarem sua marca, seja para solucionar um problema ou efetuar uma compra, fazendo com que o usuário passe mais tempo em contato com sua marca.

Facilita o compartilhamento de mensagens, reduzindo o custo para divulgação

Enquanto no marketing tradicional faz-se necessário altos investimentos para alcançar o máximo de pessoas, no marketing de conteúdo você encontra a possibilidade de compartilhar seu conteúdo livremente pelo seu público alvo, principalmente pelas redes sociais, onde as pessoas compartilham aquilo que acham interessante, fazendo com que você alcance um grande número de pessoas sem grandes investimentos.

Aumenta a visibilidade da marca

Caso você não invista na manutenção da imagem de sua marca, são grandes as chances de seu concorrente roubar os clientes que poderiam ser seus, mas produzindo um conteúdo relevante sua marca criará uma visibilidade perante seus clientes.

Ajuda a criar defensores da sua marca

Investir em Marketing de Conteúdo pode ajudar seu negócio a gerar defensores para sua marca, justamente por ajudá-lo em seus problemas e orientá-los em direção a conquista de seus objetivos.

Auxilia no pós-venda da sua empresa

O Marketing de Conteúdo ajuda a tirar dúvidas comuns do seu consumidor que podem surgir após a compra ou até mesmo ajudar seus clientes em caso de problemas, independente da sua origem.

Esses são só alguns dos inúmeros benefícios que o Marketing de Conteúdo pode trazer para seu negócio, portanto não abra mão de produzir conteúdo com regularidade seguindo as melhores práticas do mercado!

Ficou interessado em contratar agência que desenvolva Marketing de Conteúdo e praticar essa estratégia na sua empresa? Conte com os profissionais da Kameleon Comunicação. Iremos traçar os melhores planos para você sair na frente da concorrência!

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eventos: importante ferramenta de comunicação para fortalecimento da imagem da marca

Fortalecer e manter a imagem institucional das marcas é premissa básica de Marketing e as empresas mais conscientes sobre a importância deste cuidado constantemente investem em um conjunto de ações de Comunicação em São Carlos com esse intuito.

Um dos itens que se destacam dentro deste conjunto de ações, são os Eventos. Conceitualmente, o Evento é uma reunião de um ou mais públicos, em atividades de interesse em comum, que podem ser explorados com propósitos comerciais.

Antes de se lançar ao mundo dos Eventos, a empresa precisa analisar seu mercado, concorrentes e público, para tomar decisões estratégicas e desenhar um planejamento criterioso para que seus objetivos com esta ferramenta sejam alcançados.

Estrategicamente falando, os Eventos em São Carlos são recomendados quando se pretende:

• Aproximar o público da marca/produto/serviços;

• Criar lembranças afetivas de associação da marca ao evento ou atividade;

• Formar imagem positiva perante a opinião pública;

• Diminuir barreiras ocasionadas por situações negativas;

• Aumentar o grau de conhecimento da marca.

É importantíssimo lembrar que o Evento deve ser adequado ao perfil do público alvo e estar alinhado com o posicionamento e valores da empresa. Ressaltamos também que a presença, o perfil correto e o grau de envolvimento do público são essenciais para atingir os objetivos propostos pela ação. A dica é, além de contar com uma empresa de comunicação, dispor de uma Assessoria de Imprensa especializada, com o intuito de gerar mídia espontânea sobre o evento.

Os efeitos positivos gerados por um evento bem planejado criam novas razões de compra e estimulam o público à decisão.

Os profissionais da Kameleon Comunicação possuem vasta experiência em Eventos, tanto B2B como B2C. Nós podemos te auxiliar no estudo mercadológico e inserir sua empresa no mundo dos Eventos. Entre em contato com a Kameleon Comunicação.

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fonte: Marketing Promocional para Mercados Competitivos - Antonio R. Costa e Edson Crescitelli

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Saia para Jantar 2018

Temos orgulho em ser pareceiros deste Projeto!

Gastronomia é Cultura! Este é o lema do Festival Gastronômico Saia para Jantar, realizado pelo Festival CONTATO e seus parceiros na cidade de São Carlos e região.

A iniciativa tem por objetivo incentivar a população sãocarlense a sair de suas casas para apreciar os espaços gastronômicos da cidade e região. Durante o mês de sua realização, os restaurantes participantes oferecem pratos inéditos: o Prato CONTATO, que disponíveis a preços especiais, garantem a presença de degustadores e curiosos na rede gastronômica do festival.

Em 2018 o evento chega a sua 9ª edição, dos dias 05 de novembro à 09 de dezembro, com 29 restaurantes participantes e mais de 80 opções no cardápio!

Realização: Instituto CONTATO

Criação visual: Kameleon Comunicação

Fotografias: Noite D+

Apoio: Prefeitura Municipal de São Carlos

Confira aqui o Cardápio completo!

Sete é o nosso número

Sete é o nosso número!

Sete dias da semana, sete cores do arco-íris, sete colinas sobre as quais ergueram Roma, sete vidas (quem não queria?!).

Sete é também o nosso número. Sete anos de Kameleon Comunicação. Tão intensos, abundantes, ritmados e cheios de aprendizados, que parecem mesmo sete dias.

Abrimos as portas da Kameleon sete anos atrás. Tímidos, mas assertivos desde os sete primeiros segundos, sobre o nosso objetivo - de transformar o ambiente de comunicação de São Carlos como um camaleão transforma a si mesmo.

Com ânimo, cor, emoção, ação.

Saímos às ruas, Camaleões, mostrando aos sete cantos o nosso jeito de trabalhar. Com eficiência, objetividade, inovação e, acima de tudo, com total desejo e aptidão para ouvir e compreender as necessidades de nossos clientes, promovendo projetos de comunicação eficazes e de resultado.

E, despretensão à parte, amigos, nós conseguimos sim!! E hoje, entre o nosso super- time-de-prestadores-bem, clientes, parceiros e fornecedores, somos uma legião de Camaleões caminhando e transformando-se JUNTOS.

Para vocês, que fazem parte dessa história, sete vezes obrigado. Por cada proposta acreditada, cada projeto realizado, cada cafezinho degustado com a gente aqui na nossa casa, na sua casa. Queremos ver você sempre aqui. Por mais sete anos, por mais sete vidas.

Parabéns para Kameleon! São7 anos de muita arte para contar! Parabéns para todos nós, camaleões!

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Black Friday: prepare-se!

No próximo dia 23 de novembro acontece mais uma edição da tradicional liquidação e é importante você se preparar para que a ação seja realmente um sucesso!

A Black Friday desembarcou no Brasil no ano de 2010, replicando a tradicional ação do varejo dos Estados Unidos, que acontece após o feriado de Ação de Graças, acarretando filas quilométricas.

Desde então, o Brasil se esforça para gerar grandes expectativas nos clientes e consequentemente filas e resultados em vendas. O grande problema relatado pelos consumidores brasileiros ao longo destes anos é que a nossa Black Friday não é tão vantajosa assim como é no seu país de origem e a data acaba perdendo credibilidade.

O importante para quem quer aproveitar a data para alavancar vendas e conquistar novos clientes é se programar e aderir à proposta como manda o figurino para evitar frustrações dos clientes e perda de esforços da equipe. Atente-se à algumas dicas imprescindíveis e aproveite a data!

1. Planeje

Antes de tudo, planeje as ações com antecedência. Faça um levantamento do estoque e aproveite a data para liquidar os produtos com menos saída. Remarque os preços e coloque na Promoção. Alinhe-se com fornecedores para a entrega dos produtos e tente negociar preços e quantidades, mas não deixe para fazer isso para a última hora. Monte Kits e coloque ao lado de produtos com boa procura.

2. Estude resultados anteriores

Caso você tenha um histórico das ações na sua loja ou e-commerce, avalie as vendas dos anos anteriores, produtos mais vendidos, quais grades esgotadas, produtos mais procurados, ticket médio das vendas. Repita os resultados positivos (com uma nova roupagem, é claro, para oferecer novidade) e reestruture as promoções que falharam.

3. Mude o layout e a rotina da loja

Identifique a promoção no ponto de venda, caracterize-a de uma maneira diferente do que normalmente é. Assim o consumidor se sentirá num ambiente realmente preparado para a data e se empolgará mais com as compras. Se possível, ofereça horários de atendimento mais estendidos, abrindo mais cedo e fechando mais tarde e ofereça atividades para crianças e degustações de produtos.

4. Crie promoções verdadeiras

Ao criar uma promoção, questione se o consumidor terá a percepção de que você está oferecendo uma promoção de verdade.Quem precisa ter vantagem na promoção é o cliente e não o varejista. O consumidor está cada vez mais atento. Não adianta dobrar o preço do produto uma semana antes para na Black Friday oferecer 50% de desconto.

5. Prepare a sua equipe

Além dos uniformes especiais para a data, ofereça um treinamento dedicado à ação, repasse todos os produtos e preços em promoção, destacando os pontos positivos e negativos dos itens em liquidação, para ajudar a contornar possíveis dificuldades na hora da venda. Reforce a importância do atendimento cordial e do cadastro, mesmo em dia de Liquidação, e que é necessário oferecer e apresentar produtos que não estejam em liquidação também. Assim essa visita de liquidação pode ser convertida numa venda de ticket médio maior e até um novo cliente.

6. Invista em Comunicação

De nada adianta se planejar, conseguir oferecer promoções realmente vantajosas se você não investir em uma boa Campanha de Comunicação. Defina um bom layout junto à profissionais da Comunicação e confie em espaços de Mídia com bom retorno, para que o público saiba que você tem boas ofertas para a data. Se você não comunicar, os consumidores jamais te buscarão. Para isso, é crucial ter uma agência de Propaganda, para te apoiar e desenhar os melhores planos e campanhas.

Prepare-se mais e melhor para as Campanhas Sazonais. Conte com expertise do time da Kameleon Comunicação.

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Script de Vendas

Escolher as primeiras palavras e a forma de como abordar o cliente é fundamental para avançar no processo de vendas. Seguir o script é importante, mas mais importante ainda é se atentar para o atendimento não ficar robotizado.

Quem está no mercado e precisa estruturar uma equipe de vendas geralmente aplica Scripts de vendas, para melhor direcionar o quadro e ter um atendimento mais eficaz e padronizado. Mas um erro comum que os vendedores cometem é achar que o script é um modelo rígido que deve ser seguido ao pé da letra. Você deve se atentar a isso para contornar esta situação e impedir que o atendimento torne-se robotizado, com um vendedor que não consegue sair da sequência pré-implantada.

Para superar isso é importante entender que o script é um modelo a ser seguido, mas que a equipe pode improvisar na maneira como aplica o que está escrito ali.

Afinal de contas, seria impossível, descrever todas as interações possíveis e imagináveis entre um vendedor e um potencial cliente. Mas para ajudar, você pode descrever as principais situações para aprender a agir e atingir os objetivos dentro delas.

A única forma de agir de forma natural usando um script de vendas é com treino, prática e tempo.

Os melhores vendedores escolhem muito bem suas primeiras palavras para abordar o cliente. Sabem que dependem delas para poder avançar na conversa. Se falham aqui, não terão mais nenhuma chance de vender!

Anote as dicas a seguir e repasse o Script com a equipe sempre que possível.

São importantes para um bom atendimento:

- Se apresentar pelo primeiro nome, perguntar (e gravar) o nome do cliente e tentar gerar confiança;

- No caso de ser o primeiro contato, apresentar de forma breve a empresa, os produtos e serviços disponíveis, dessa forma o cliente além de saber sobre o que a empresa trabalha terá um bom cartão de visitas;

- Ter empatia. Saber ouvir. Procurar compreender as necessidades e interesses do cliente.

- Ter segurança e mostrar que está apto para solucionar a questão apresentada pelo cliente.

- Anotar todos os dados que possam ser necessários para um futuro contato, independente dele concluir a compra ou não. Embora uma das preocupações do atendimento seja um breve tempo médio de atendimento, um rápido aprofundamento na conversa melhorará o relacionamento entre o atendente e o consumidor e gerará pontos para a satisfação com o atendimento;

- Solicitar dados para preenchimento de cadastro da loja - Nome completo, data de nascimento, Bairro, como ficou sabendo da loja/ promoção;

- Indicar as Redes Sociais da loja.

- Após finalizar a venda no caixa, - levar o cliente até a porta você mesmo, ou arranje alguém que conduza o cliente até a saída, carregando a sacola. É preciso ser cordial.

Alguns vilões que comprometem um bom atendimento:

- Distorções de percepção;

- Preconceitos;

- Desprezo;

- Discriminação;

- Indiferença, entre outros.

As seguintes atitudes não devem ser tomadas, sob hipótese alguma:

- Voltar seu olhar para outras "coisas" que não o cliente;

- Ser interrompido por quem quer que seja;

- Atender telefonemas;

- Comunicar-se por grunhidos, sons guturais, interjeições;

- Demonstrar irritação;

- Manifestar inquietude;

- Rir do cliente;

- Cruzar os braços;

- Mascar chicletes;

- Fumar;

- Coçar-se;

- Falar mal da empresa, de um departamento ou de quaisquer empregados.

Esteja sempre atento ao seu consumidor. Elabore pesquisas, implante o “Cliente Oculto”.

Utilize as ferramentas de Marketing a seu favor e conte com a Kameleon Comunicação!

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Cuidado com os falsos Influenciadores Digitais

Escolher um Porta-Voz para a sua marca é uma tarefa que requer dedicação e “desconfiômetro” ligado 100% do tempo

Uma prática muito comum nos últimos tempos, o Marketing através de Influenciadores Digitais é muito eficaz quando se trata de estabelecer elos de aproximação entre marcas e o público.

O advento das Redes Sociais, principalmente o Instagram fez com que esse tipo de estratégia estivesse apenas ao alcance de grandes marcas - que dispunham de uma verba maior e investiam em artistas e blogueiras já renomadas e passou a ser praticado por empresas menores, já que o número de influenciadores digitais hoje é muito maior, assim como o acesso e reconhecimento do grande público também.

Esse tipo de ação poderia ser 100% benéfico, quando bem trabalhado, não fosse por um detalhe: há muito gato se passando por lebre na Rede. Há mais seguidores falsos no Instagram, do que imagina nossa vã filosofia.

Firmar parceria com um influenciador que tenha seguidores falsos prejudica muito a sua marca: o retorno do investimento é questionável, a mensuração do resultado da ação é infundada e você ainda apoia uma prática nada ética na Rede. Ou seja, tudo vai por água abaixo.

Antes de contratar um influenciador digital, além de avaliar se o perfil dele está de acordo com o seu público alvo, é necessário estar atento à alguns pontos que validarão ou não a autenticidade do alcance e reconhecimento do influenciador no qual você está interessado, veja:

1. Lista de Seguidores

Atente-se aos seguidores do Influenciador Digital e seja detetive. Analise perfis suspeitos que seguem a conta do influenciador, eles podem ser falsos. Suspeite de nomes genéricos e foto de perfil. Os seguidores falsos são gerados através de aplicativos pagos. Estes perfis falsos geralmente se caracterizam por seguir milhares de contas, mas possuem poucos seguidores e não tem nenhuma postagem. Ainda assim, se estiver na dúvida, faça uma busca inversa da imagem de perfil no Google e veja o resultado.

2. Picos de Novos Seguidores

Observe a conta do seu Influenciador por alguns dias e o ganho de novos seguidores. Se registrar picos muito distintos, você deverá desconfiar da autenticidade destas contas. Não é normal, por exemplo, em um dia ganhar 30 seguidores e no dia seguinte ganhar 1.000. Seu influenciador nesse caso, é um golpista. Verifique a regularidade em diversas Redes Sociais e faça pesquisas no Google. Monitore notícias também, pois em alguns casos o crescimento exponencial pode ser autêntico, por conta de algum destaque na mídia que o influenciador ou uma publicação sua obteve.

3. Engajamento

Se o influenciador que você está cogitando ser representante da sua marca tem muitos seguidores, mas o engajamento (curtidas e comentários) não corresponde ao número de seguidores, então ele tem seguidores falsos. Tenha em mente que a proporção deve ser de 0,5% no mínimo: se o perfil tem 10.000 seguidores, ele deveria receber pelo menos 50 curtidas por foto, por exemplo.

O assunto é sério e demanda muita análise antes de investir. Deve ser feito com cautela e responsabilidade. Além da validação da autenticidade do perfil, muitos outros fatores devem ser levados em conta.

Quer saber mais sobre o assunto? Podemos te dar um suporte na hora de investir neste universo digital.

Entre em contato com a Kameleon Comunicação.

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

A importância do Diálogo nos Negócios

A empatia aplicada às relações profissionais pode trazer resultados surpreendentes.

Já destacamos aqui no Blog que o Marketing mudou muito e que vivenciamos uma nova era, focada no consumidor, preocupada com as aspirações humanas, valores e espírito. Foi-se o tempo que só as marcas falavam e a comunicação era unilateral. Empresas que não se posicionam de maneira responsável, ética e moral e que não estão dispostas a dialogarem com o consumidor estão fadadas ao fracasso.

Sabemos que Diálogo, é, de acordo com o dicionário, uma “fala em que há a interação entre dois ou mais indivíduos”, ou seja, é o conhecimento que circula entre dois ou mais. Mas sabemos também que na prática não é bem assim que funciona. Geralmente quando conversamos com alguém, já temos o nosso discurso formado em nossa mente e não valorizamos o que o outro fala, muitas vezes criticando a opinião alheia sem ao menos tentar compreender/ aceitar o seu posicionamento - não há empatia. Essa atitude é nociva para nós, pois ajuda a fomentar nossos preconceitos, impedindo que o nosso cérebro conheça e aprenda coisas novas - ficamos presos às mesmices dos nossos mapas mentais.

A essência do diálogo está na confiança: ouvir e apreciar apenas, sem julgamento nenhum (concordo/ discordo). Discordar rompe processos de imaginação, instaura autoritarismo e preconceitos. Saber dialogar é vital para suas relações, sejam elas de qualquer natureza: profissionais e pessoais. Ou seja, imprescindível saber dialogar, para obter sucesso em tudo o que fazemos.

No diálogo funcional, ou seja, quando você ouve e aceita o outro, as emoções são fascinantes, colaboram para desenvolver a imaginação. Se você tentar perceber o que o outro percebe terá um ponto de vistas diferente do seu.

Na busca pela evolução, talvez o mais importante seja uma mudança e uma abertura para soltarmos nossos mapas mentais.

Toda dificuldade reflete aquilo que não estamos sabendo fazer, ver, ouvir, compreender. Mostra onde temos os gaps.Todas as dificuldades são um feedback. Precisamos dialogar, primeiramente com nós mesmos, a partir deste feedback.

Empregue mais empatia aos seus diálogos e relações profissionais e descubra como isso pode transformar a sua rotina, trazer novas ideias, solucionar problemas e romper paradigmas discriminatórios.

Juntos, podemos muito mais!

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Tendência de mercado: É hora de compartilhar

Esteja atento à nova ordem mundial e aproxime-se deste novo consumidor!

O compartilhamento é uma tendência mundial que começou muito timidamente, mas ganhou espaço e notoriedade com o advento das Redes Sociais e a evolução proporcionada pela tecnologia.

A experiência do compartilhamento pode ser vivenciada em diversos aspectos desde espaço, produtos e serviços. Dividir para multiplicar parece ser a filosofia de muitas pessoas atualmente.

Muitos exemplos já estão presentes no nosso cotidiano e realmente chegaram para facilitar a nossa vida, como os Espaços de Co-workig, onde pessoas, sem relações profissionais entre si, trabalham usando os mesmos recursos. Além dos serviços de transporte como o Uber e o recém lançado WazeCarpool, ou até mesmo o aluguel de um cômodo direto com o proprietário do imóvel com preços muito mais vantajosos que um quarto de Hotel, como faz o Airbnb.

Entretanto, a economia compartilhada é muito mais do que a simples ideia de otimizar recursos. Ela gera oportunidades e é “disruptiva”, ou seja, obriga a atual ordem de consumo a romper padrões para se ajustar.

Empresas de varejo sentem cada vez mais a necessidade de entrar nesse barco, para não serem atropeladas por ele. Um exemplo de uma empresa que enxergou oportunidade no compartilhamento é a rede de roupas e acessórios American Eagle, que lançou sua nova flagship, chamada AE Studio, em Manhattan. Além de loja, o espaço conta com lavanderia coletiva, lounge de espera e estudos. O foco da marca são os estudantes, incentivando a compra e estudos, enquanto esperam pelo término da lavagem de suas roupas. Aqui no Brasil, podemos citar o exemplo da empresa paulista House of All, no bairro de Pinheiros, que une co-working, restaurante, lavanderia, bar e local para cursos, formando um polo da economia colaborativa e mostrando que dividir não é sinônimo de abrir mão de algo, mas sim de gerar ganho tanto para os envolvidos como para quem utilizará o espaço.

A economia compartilhada não para de se desenvolver e ganhar forças no mercado, portanto, o varejo não pode fechar os olhos para essa realidade, mas sim se adaptar e crescer junto a ela, achando oportunidades no compartilhamento. É preciso estar atento às tendências e se antecipar, gerando ainda mais conexão com o seu público.

Precisa de ajuda para implementar uma ideia na sua empresa? Conte com a Kameleon Comunicação. Te esperamos para um bate papo!

(16) 3411 2566

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Falhas no processo de vendas

Falhas simples ainda acontecem durante o processo de vendas, rompendo o elo entre marca e consumidor.

Um dos principais mecanismos no comércio de produtos e serviços é a atuação da equipe de vendas. Essencial para o sucesso de uma empresa, é necessário ter profissionais dedicados e comprometidos, sempre apostando em treinamentos e estímulos para manter a equipe motivada, literalmente vestindo a camisa da empresa.

Sabemos que estruturar uma boa equipe de vendas é uma tarefa árdua, mas nada é impossível para quem investe seu tempo e se dedica a fazer o melhor sempre.

Investe-se muito em técnicas para aperfeiçoamento, mas algumas dicas básicas são sempre válidas para evitar falhas no processo de

vendas. Estas falhas muitas vezes passam despercebidas porque a equipe acaba fazendo tudo no automático. Observe a sua equipe e fique atento se sinalizar algum dos pontos descritos abaixo. Tais falhas podem comprometer todo o processo de compra de um cliente, prejudicando os seus investimentos:

Antipatia

O corpo fala e se o vendedor não agir de acordo com o perfil de cada cliente, afastará sua confiança, pois não é criado um elo de identificação. É fundamental que o profissional de venda faça uma leitura do cliente que irá atender e se posicione conforme seu humor e tratativa.

Discurso pronto

Elimine frases prontas, protocolos seguidos à risca. Hoje em dias muitas empresas estão contratando não-vendedores para esta função, exatamente para descaracterizar o vendedor-cliché, que espanta o cliente no primeiro contato.

Não conhecer o produto/ serviço/ marca

Hoje em dia os clientes estão munidos de muitas informações sobre o que querem comprar bem antes de sair de casa. Se o seu vendedor não souber os mínimos detalhes sobre o produto ou serviço que vende, ou então não saber valorizar a marca de acordo com os atributos reais, não conseguirá fechar a venda por falta de credibilidade. Lembre-se que o seu concorrente está a um click de você.

Falta de empatia

O vendedor deve, acima de tudo, saber ouvir o cliente, pois sua real função é solucionar um problema. Se não houver este entendimento, há uma ruptura no processo e o cliente se frusta. É importante também que o vendedor se posicione sem invadir o espaço do cliente, deixando-o mais à vontade no ambiente e propício às compras.

Dicas simples como esta podem fazer a diferença nos seus resultados e é preciso contar com esta visão de Marketing, em constante atualização, para que os seus indicadores sejam sempre positivos.

Precisa de ajuda para implementar um planejamento de Marketing mais assertivo?

Conte com a Kameleon Comunicação. Te esperamos para um bate papo!

(16) 3411 2566 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Compartilhe esse post

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn